quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

¨CHARLES BUKOWSKI , O MALDITO¨












dos poetas-escritores malditos,
bukowski sempre foi o de minha preferência.
com sua escrita regada a muito whisky de varias
safras, ele influênciou e continua influênciando
gerações .

até morrer aos 73 anos em 1994,ele conseguia
tirar poemas das sarjetas mais imundas, e
trazê-los á luz com sua habitual melancolia.

aqui esta bukowski, um pouco suave :


¨se vai tentar
siga em frente.

senão, nem começe!
isso pode significar perder namoradas,
esposas ,familia,trabalho, e talvez...a cabeça.

pode significar ficar sem comer por dias.
pode significar congelar em um parque.
pode significar cadeia.
pode significar caçoadas, desolação...

desolação é o presente.
o resto é uma prova de sua paciência.
do quanto realmente quis fazer.
e fará , apesar do menosprezo,
e será a melhor coisa que possa imaginar.

se vai tentar , vá em frente.
não há outro sentimento como esse.
ficará sozinho com os deuses,
e as noites serão quentes.
levará a vida com um sorriso perfeito.
e isso é a unica coisa que vale a pena. ¨

(charles bukowski)








33 comentários:

Léo Santos disse...

Tchê, Moisés!

Não sei se fico feliz ou fico triste! Só sei que eu sou essa porcaria toda aí que esse cara tá dizendo! Me serviu a carapuça! Me caiu como uma luva! Eu sou esse poema - cuspido e escarrado! Sou eu... É!... Bem assim... Eu...

Um abraço! Feliz Ano Novo!

Si Fernandes disse...

Da geração beatnik,do pouco que ja li sobre essa geração, Bukowski, é o que mais me impressiona... Sua palavra e seus palavrões, a escrita ácida, sem hipocrisia, acho que ele era meu verdadeiro avô...
Muito boa menção!

Sil.. disse...

Eu quero sempre tentar, sempre ir em frente.

Moisés, queridooooooooo!

Não poderia deixar de passar aqui e te desejar um 2011 lindooo de viver.
Que seja um ano, novinho em folha.

Um abraço, dessa amiga que te gosta imensamente!!!!

Betha Mendes disse...

Moisés,

uma poesia aberta, sem fronteiras, tão atual. Imagino este poeta a criar seus versos "benditos", à luz de muita boemia e reflexão!

Um grande abraço e que teu Ano Novo seja repleto de inspiração.

Betha

Néia (Dulci) disse...

"levará a vida com um sorriso perfeito.
e isso é a unica coisa que vale a pena".

Belas palavras do poeta.
Feliz 2011 para vc!
Um abraço

Celso Cavalcanti disse...

Parabéns pelo blog. Vou acompanhar. Fica um convite para que também visite o meu blog de crônicas: HTTP://olhodeprosa.blogspot.com. Um abraço!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Puxa vida.....que poema, que verdade...
É, amigo poeta, não existe outra maneira de viver.
Não há caminho para traz, como dizia herman hesse.
Um grande beijo e vamos m frente esse ano!

Gabriel Duarte disse...

Nossa admiro muito seu blog, sou novo em relação a blog, já estou seguindo aqui se poder passa no meu ? Grato: Feliz ano Novo.! http://gabriellduarte.blogspot.com/

Sergio Martins disse...

Esse poema é espetacular! Adorei teu blog e estou te seguindo, caso queira seguir-me também, veja:http://asvozesdomar.blogspot.com/

Feliz Ano Novo!
Abç!
--

Milene Lima disse...

Sejam seus ou poemas alheios, não há máscaras, heim poeta da verdade ainda que dolorida?

Bem mais que bacaninha o poema maldito.

Feliz poesia pra você o ano inteiro, todos os anos... Ainda que não seja uma poesia feliz.

Beijos... E obrigada por estar comigo.

Sergio Martins disse...

Mano Moisés, obrigado pela força! Também já sou seu leitor. Seus textos são maravilhosos! Que 2011 seja de sucesso, paz e amor pra ti. Abç!

Marli Boldori disse...

Olá,sempre encontro belos poemas com os mais variados poetas e escritores e,percebo que de cada texto retiro algo que faz uma mudança em mim,mesmo que minúscula,porém rica.Gostei do que vi e li aqui.Voltarei.Feliz Ano Novo com saude e bênção.beijos!

Nicolau Ponte Preta disse...

Retirado das profundezas do inferno! Pra entra 2011 fudendo. Abrçs!

Anna Amorim disse...

Querido amigo,

Convido você a ver a mensagem da Boas Festas no PALAVRA DE MULHER válida por todo ano.

Que 2011 traga inovação no que deseja para tua vida.

Com carinho de SEMPRE,

Marília Felix disse...

Moisés!
Que poemas lindo!
Parabéns pelo blog!
Escrever é um Dom e vc com certeza o tem!xD
Amei, Amei!

te sigo!:)

É tempo de novos planos, novas promessas! É tempo de renovar aquelas que foram prometidas tantas vezes e que ainda não alcançaram a realização.

FElIZ ANO NOVO!
Abração!;)

Venna disse...

Gostei do teu blog..adoro ler..adorei esse texto..seguindo ok?!
abraço!

Angélica Lins disse...

Palavras que me atingiram como flexa, sem chance de retroceder o efeito avassalador...


Grata!
Be:)o

Tânia Yuri disse...

Adorei seu blog, temos muito em comum... a partir de agora também te sigo! Bom ano!!! Bjs.

Malu disse...

Muito bom te ver lá , Moisés.


BjO!

Meus Vícios‏‏ ♥‏‏ disse...

Olá Moisés Poeta!
Muito grata por você estar me seguindo, também já o sigo.
Textos lindos hein?
Deixo aqui um carinho do meu Blog.
Espero que goste.
link> ttp://images.orkut.com/orkut/photos/OgAAAPbEaAM9EzpSzQGSlfF0ERuLrUHqeRUG7fbWvm13rb1RM5KkdAEgdKfXSS6CMi3mHLcdlOpiwCfmZcAwrVu8dk0Am1T1ULQVCWgkqQIF_zpDPU9nNWNWspjX.jpg

Beijos no coração.
Eu! Leilinha

Ana Lucia Franco disse...

Olá poeta, também aprecio essa safra "maldita" de que Bukowski é uma excelente expressão. Afinal, de luz e sombra é feita a poesia, a arte, e poderíamos escrever se não vasculhássemos todos os lados da vida? Acho que não..

Um beijo, obrigada pela presença sempre tão carinhosa..

Dica Cardoso disse...

É...Continuemos tentando,sim...É o mínimo que podemos fazer por nós mesmos e por todos em nossa volta!Mesmo que isso seja feito do 'nosso' jeito...

Abraços no coração!

Rosane Marega disse...

Eu sou teimosaaaaaaa e não desisto nunca.
Beijosssssssss menino Moisés e muito amor em sua caminhada sempre

Elton Sipião O Anjo das Letras. disse...

Bela prosa poética do poeta Bukowski, se não for pra começar fazer algo que valha à pena em nossas vidas é melhor nem começar!Linguagem direta, objetiva, no entanto poética e rica em suas expressões em cada verso dessa prosa poética deste grande poeta maldito. Abraços poéticos.

Marinha disse...

Forte e intenso, gostei!!!
Um ano novo de criações poéticas e paz!
Bjo

o mar e a brisa do prazer de aprender disse...

Muito bom!!!!!!!!!!!! Passei aqui para desejar um maravilhoso 2011. Bjs

Lua Nova disse...

"...desolação é o presente.
o resto é uma prova de sua paciência..."
Lucidez regada a whisky ou talvez que ele tentasse afogar no whisky. Me pareceu sempre que a lucidez nele doía além do que ele podia suportar.
Eu gosto, mas ler Bukowski sempre me atinge muito fundo.
Poeta querido, que seu 2011 seja repleto de realizações que o façam muito feliz.
Um lindo fds, beijokas e meu carinho.

Sandra Botelho disse...

Pois é e ele tem muita razão...Se não for pra enfrentar os obstaculos é melhor nem começar a caminhada.
Bjos achocolatados

Denise Portes disse...

Obrigada por sua visita ao delírio da Bruxa e também por me mostrar essa poesia maravilhosa. Já te sigo.
Um abraço
Denise

Insana disse...

Reconheci pessoas neste texto
lembrei de momentos..

bjs
Insana

betina moraes disse...

por acaso, tneho ele em uma camiseta.

imaginou o quanto eu gosto?


abraços!

Whesley Fagliari disse...

Caro amigo!

Esse seu espaço, e especificamente essa publicação, me fez pensar - introspecto e taciturno - sobre os aspectos mais profícuos e ambíguos da minha poesia... sarjetas! Isso sim é palco de vida! Simplesmente calado permanço, observo, contemplo e admiro tudo aqui... Nosce Te Ipsum!
Luz e Paz!

Liza Leal disse...

Valeu o recado!
Indo adiante!... No meu ritmo, claro. rs

Belo poema, Moisés!
bjbj