terça-feira, 5 de janeiro de 2010

DEMOLIÇÕES

Rápida espingarda de chumbos mortais
passeia na selva de dentro de mim.

Miro a miragem desse fogo bastardo,
meu enguiço por dentro dispensa uma fuga.

Minha palavra tem curto alcance,
e a tal fome de tudo rasteja no chão.

Sou agora esse pássaro na mira do tiro

Sem ritmo exato na alçada do vôo.


9 comentários:

Pétala_Rosadinha disse...

Será que esse moço percebe o tanto de admiração que me causa?

Beijos...

Dias perfeitinhos pra ti.

Lara Amaral disse...

Poema certeiro, foi no alvo.

Muito bom!

Beijos.

Natan de Alencar disse...

Ritmo exato.

Tensão bem trabalhada.

Obrigado por (demo)lições.

Abraços!

pauloveras disse...

Opa, bom dia.
Conheci você, pela indicação do gazeta do blog. Muito bom, o pouco que ja li. Abraços e faço votos para que seu 2010 seja muito especial.
Abraços

Gazeta dos Blogueiros disse...

Parabéns!!! Seu blog está concorrendo ao The Best GB 2010. São 10 blogs participantes. Destes, os 3 blogs com maior quantidade de votos, serão premiados com o Troféu The Best GB 2010. A votação encontra-se na página principal da Gazeta dos Blogueiros e se encerra em 1 semana. Faça a sua campanha! Boa sorte!
Gazeta dos Blogueiros (http://www.gazetadosblogueiros.com/)

Tribo Rubem disse...

Quero que saibas que meu voto de sucesso p/ vc é imenso!!! Vc é uma pessoa que merece todo o carinho das pessoas que foram privilegiada em ter vc como amigo(virtualmente falando)...Te Adoro e admiro..
bjão

Atelier Infinita Arte disse...

OLÁ , ADOREI SEU BLOG , É PERFEITO ,VOU ME MANTER ATUALIZADA ... PARABENSSSSSS E BJSSSSSSS

Lou Vilela disse...

"a tal fome de tudo" nos faz farejar e rastejar...

Muito bom! ;)

Abraços

Daniela Delias disse...

Falando em voo...eis o teu poema, né Moisés? Lindo, acertou o alvo! Adorei!!! Bjão!