sexta-feira, 15 de abril de 2011

O FIO FINO DA CORDA

Não adianta somente abandonar os sábados,
e nem os licores arremetidos para dentro.
é preciso também afiar os ouvidos!

Quando o trem passou ,a noite tinha lábios carnudos
e meu corpo perambulava...

O que sabia eu quando a vida rolou  os dados
no fio fino da corda ?

(aquele trem que eu não peguei
prende a minha história pelo rabo.)

Não adianta apenas acender fogueiras em rituais,
em busca da eternidade.

So os tolos contornam as mesas
e iludem a fome em camas de pregos.

O trem passa com fúria.
e pouco vale essa roupa grudada na pele,
e essa alma presa no corpo.

É preciso afiar os ouvidos,
e principalmente molhar os pés.

E se não for assim,
morrerás com a testa na calçada,
invocando idolos imaginários .

Ou perdido no cio da noite,
inalando o perfume de uma flor embriagada.


(Moisés Poeta)



58 comentários:

AC disse...

Muito belo e acutilante!
(É preciso ousar, vencer os medos, pois o preconceito afasta-nos, de imediato, do caminho...)

Abraço

Déya disse...

É preciso ser leve,para não deixar se prender no próprio corpo.
é preciso acreditar nas possibilidades para de fato ser real..
é preciso vencer a própria força
para então ter a alma leve..

beijos meus pra vc poeta...

R. R. Barcellos disse...

- Pouco me falam as palavras soltas,
- Os versos que se formam dentro d'alma
- De quem bebe do poeta a insana calma,
- Construídos sobre tais dunas revoltas;

- Mas aplaudo tuas liras, tão jucundas,
- Pois que sinto na alma de outras gentes
- As mensagens tão diversas, tão fecundas,
- Que brotaram de tantas belas sementes.

- O poeta entendeu minha mensagem, mas me permitirá usar seu espaço para esclarecer a quem a não tenha entendido: Esse tipo de poesia não me atrai - talvez por ser incapaz de fazê-la, talvez por ser incapaz de senti-la; de qualquer forma, minha incapacidade não me impede de admirá-la, pois seu valor maior está no sentimento de quem as lê; e faço questão de declarar essa admiração nas duas quadrinhas acima. Sei que ele as apreciará.
- Abraços, Moisés.

Wanderley Elian Lima disse...

Muito bom, forte e contundente. Amei.
Abração

Betha Mendes disse...

São imagens lindas que o teu poema traz. Mesmo sabendo da imensa dor e verdade que carregam.
Não podemos fechar os olhos!

bj

Betha

♪ Sil disse...

O fio fino da corda.

(Tantas vezes estive nela).

Meu amado poeta, delicia sua visita.

Tu és tão querido!

Um beijooo!

Cristina Lira disse...

Oiiii! Tudo bem?
amei passar aqui e me encantar com a postagem, viu? É sempre aconchegante vir aqui.
Bjos no coração e um excelente fim de semana.

lupuscanissignatus disse...

a urgência

de desatar

os dias


[em nós]



*abraço*

R. R. Barcellos disse...

- Voltei, porque a Milene - nossa disputada musa dançarina - expressou sua preocupação sobre a interpretação que poderiam dar ao meu comentário. A quem achar que eu não dou o devido valor à poesia do meu amigo Moisés, peço que veja o elogio que lhe fiz - e a outros como ele - em Sou Romântico?.
- E já que aproveitei o pretexto para fazer propaganda, acho que devo mais um abraço ao Moisés.

Sergio Martins disse...

Com a poesia fervilhante na alma, podemos viver intensamente nesse fio fino da corda! Abç!

Si Fernandes disse...

Daria eu, a mão ao poeta e dadas, perambularia molhando os pés e afiando ouvidos...
Ouvias um blues quando compos?
Senti assim, cortante como um bom e velho blues.
Beijos!

Milene Lima disse...

Vir aqui e ler a tua poesia dita nas tuas verdades cortantes, sangrando, me fazem sentir mais perto de ti...

Afia os teus ouvidos e escuta a minha saudade.

Beijos,
fique bem,
meu bem.

Dayse Sene disse...

O fio fino da corda,jamais se renderá, quebrará, quando a gente quer ainda dar uma nova chance a VIDA.Essa vontade de ainda lutar, por aquilo que queremos, faz com que eles, sejam de aço, entrelaçado e resistentes, que mesmo se mostrando finos, jamais se arrebentarão diante das nossas decepções.O fino fio da corda, é apenas um alerta as nossas dores...não passarão daí, se ainda enxergamos que a vida carrega muito mais amor que dor.
Um belo dia para o poeta.
Um grande abraço.

Carla Ceres disse...

Poema profundo e cheio de meandros! Parabéns!

Livinha disse...

Se não se atrever, como haverá de saber?
É preciso viver e deixar a vida a contecer...

Lindo poema, embora descrente,
mas a poesia fala dentro da gente
e nos leva a algum lugar, sempre!

Feliz páscoa pra ti

Bjs

Livinha

Angélica Lins disse...

"o trem passa com fúria.
e pouco vale essa roupa grudada na pele,
e essa alma presa no corpo.

é preciso afiar os ouvidos,
e principalmente molhar os pés."


Que coisa mais sábia essa.
Admiro-te poeta!
Tuas palavras estão sempre empregnando minha alma de luz.

Boa páscoa e muita paz.

Um brasileiro disse...

Olá. Estive por aqui dando uma olhada. Muito legal e bonito. Interessante mesmo. Apareça por lá. Abraços.

Poemas del Alma disse...

Querido amigo, precioso poema, muy bello tu sentir, te expresas maravilloso.
besitos para ti, que Dios te bendiga.

El Sentir del Poeta disse...

Maravilloso leerte.
besitos para ti, que Dios te bendiga.

Livinha disse...

Moisés amigo,

"É coisa difícil renovar o que é antigo, dar responsabilidade ao que é novo, beleza ao que é obsoleto, luz ao que é escuro, graça ao que é desdenhado, confiança ao que é duvidoso." (Plínio, o velho)

Mas nada tornar-se-á impossível,
se perseverarmos em renovação...

Feliz Páscoa!

Bjs

Livinha

El Sentir del Poeta disse...

___**_**Querido Amigo
_**___**Que el gozo de la
_**___**_________****resurrección
_**___**_______**___****nos rescate
_**__**_______*___**___**de la soledad,
__**__*______*__**__***__**la impotencia
___**__*____*__**_____**__*y la
____**_**__**_**________** desesperación
____**___**__** y nos transporte a un mundo
___*___________* de fortaleza,
__*_____________* belleza y
_*____0_____0____* felicidad.
_*_______@_______* te dejo todo
_*_______________* mi cariño
___*_____v_____*Felices Pascuas
_____**_____**Que Dios te bendiga
_______*****_____Besitos
(``★.¸(``☆.¸ ¸.☆`´)¸.★`´)
«´¨★.¸¸.*Noemí*.¸¸.★´¨`»
(¸.★`´(¸.☆`´ ``☆.¸)``★.¸)

Catia Bosso disse...

Finalmente um poeta de sampa, navego muito por esses mares da escrita e quase não vejo ninguem de sampa... gosto de ler vc... bj.

Celylua - O blog das Letras disse...

Olá, Moisés!
Agradeço a visita e suas palavras.
Poema maravilhoso, aplausos de pé!
Deus te abençoe.
Feliz Páscoa!
Beijos achocolatados.
Muito obrigada!

Whesley Fagliari disse...

Magnifico!

E a ausência do que dizer prostra-me diante de seu texto e tudo o que me trouxe ele! Introspecto, penso e sinto-o! Obrigado por isso!

Feliz Páscoa!

Tem presente para vc lá no Sofia! Busque se quiseres, é seu tb!

Bjs!

Luz e Paz!

João Bosco da Silva. disse...

Prezado Moisés Poéta,grato por sua visita e seu comentário.
Uma feliz páscoa.
Atenciosamente.
João Bosco.
22/04/2011 as 21h58min.

F.H.Canata disse...

Como vai meu caro Moisés, estou passando para admirar mais uma vez seus belíssimos textos. é muito bom dormir depois de ler boas reflexões! Fiquei muito grato com sua visita e seu comentário em meu blog. felicidades para vc! Boa Noite e Boa Páscoa!

Domingos Barroso disse...

Profundo e sonoro despertar.

forte abraço,
camarada.

Priscilla disse...

Olá!
Passando para lhe desejar uma ótima Páscoa!
Muito chocolate pra ti!
ahaha
Beijos meus

Cantinho She disse...

Feliz Páscoa! Bjo, bjo!
She

Patrícia Gonçalves disse...

menino poeta, beleza e dureza nas palavras, beleza na flor embriagada e dureza nas camas de prego

um beijo de chocolate e desejos de boa pascoa

Silene Neves disse...

Moisés!

Vim retribuir sua visita... tão rara! Tão necessária!

Bebi dos teus versos hoje... imaginando o gosto desse cigarro que vc fuma nessa foto do seu perfil!

Bom! Fiquei embriagada! Confesso!

Gosto do que escreves! E gosto muito!

Tenha uma semana de paz e uma vida
plena e feliz!

Beijos vermelhos...

Sil

Amapola disse...

Boa noite, querido amigo.

É preciso ir em frente, e não perder o que a vida ainda se nos oferece.

Um grande abraço.
Felicidades.

F.H.Canata disse...

Olá caro amigo! ganhei um presente de uma amiga, e gostaria de retribuí-lo à você! Passe em meu blog e confira!

Boa Noite, e Boa Semana!

Sandra Botelho disse...

Tem um selinho lá no meu blog pra ti...Amaria ver ele aqui no teu cantinho.Meus 500 seguidores, quero dividir minha alegria com vcs.
beijos achocolatados

Sandra Ribeiro disse...

É preciso estar atento então, sempre!

Sandra Ribeiro disse...

Adorei também o post anterior: SILÊNCIO , HOMENS !!
AS CRIANÇAS DORMEM ... !!(lindo...)

Adriana Karnal disse...

vc é intenso, poeta do fogo...

Anna Amorim disse...

Moisés,

Sim, é preciso molhar os pés ou enlameá-los, quer seja! Quer, seja.

É preciso afiar os ouvidos para ler tua poesia!

Assim te leio.

Beijos com a admiração de SEMPRE!

Universo Paralelo em Versos disse...

Poeta,gostei muito de estar aqui, com certeza li alguns e posso te dizer uma coisa, teus poemas são o estilo que eu gosto e sinto prazer em ler bem devagar és um poeta angular, não gosto muito de comentar, pois um poema fala por si e com uma magia para todos. Parabéns lindo blog....

Sônia Brandão disse...

Que se afiem os ouvidos, que se apurem os sentidos.

bjs

Daniela Delias disse...

Bom demais...pezinhos molhados do lado de cá!!!

Colecionadora de Silêncios disse...

Olá, Moisés.

Sua veia poética é navalha para o meu sentir... sai cortando tudo. Nada fica no lugar! Bom demais te ler!

Beijo grande!

Amaas: disse...

Olá meu amigo é a primeira vez que passo no seu blog gostei muito ja to seguindo sempre que der voltarei...

Que vc tenha uma otima tarde....

Que Deus abênçoe vc e sua familia...

Um grande abraço...

Marli Boldori disse...

Se todos pudéssemos sentir e viver apenas com a leveza da alma,saberíamos como é ser pleno,seria quase que uma insustentável leveza do ser,emprestei as últimas palavras da obra de Milan Kundera.
Um grande abraço!

jrthomaz disse...

To passando para conhecer seu blog e gostei muito bonito esse poema ja to seguindo vc...

Abraços....

F.H.Canata disse...

Olá meu Amigo!

Deixei mais um presente para você em meu blog
Desta vez, trata-se de um selo para homenagear blogueiros originais, e você concerteza é digno de merecê-lo.

Abraços!

Canata

Vilma Gonsales disse...

Olá poeta, suas palavras são fortes e profundas, porém, diretas... És muito especial como pessoa e como escritor... Parabéns e bjosssss

Amanda Lemos disse...

Gostei bastante do Blog, :)
Muito interessante !
Deixo o meu aqui, caso queira dar uma olhada, seguir...;

www.bolgdoano.blogspot.com

Muito Obrigada, desde já !

Mensagens de Luz disse...

Meu amigo adorei seu blog sempre que der voltarei ja to seguindo ....

Beijos de Luz....

Tenha um otimo final de semana....

www.dado.pag.zip.net disse...

É um imenso prezer conhecer o seu blog e deixar aqui o meu comentário, pois sei o quanto é gratificante receber um. Já recebi milhares deles e cada um que recebo sempre me deixa feliz. Ofereço a minha página e meu msn para ajudar com seu blog. estou a quatro anos neste universo blogueiro e adoraria que vc tbm entra se nesse mundinho. MEU BLOG www.dado.pag.zip.net MSN dado.pag@hotmail.com . Um abraço Dado

DÉIA disse...

Seu blog é muito bom por isso vim até o seu espaço e gostei muito do que li por aqui. Tenho um blog Tb gosto d++ de poemas. E estou te seguindo se VC puder da uma passada La no meu blog. VAI SER UM PRAZER SE PUDER ME SEGUIR...Bejs . Déia.........
Esse é o link do meu blog
http://wwwdeiablog.blogspot.com/

Lu Cavichioli disse...

Oi Poeta, bom dia! Tem recadinho pra vc no Escritos na Memória. Indiquei teu blog para uma brincadeira. Vai lá.

beijos querido

http://escritosnamemoria.blogspot.

William Garibaldi disse...

Olá Moisés, eu relutei.. mas sua poesia é muito forte, intensa.. tudo que li até agora surpreendeu-me!

Um grande abraço

Os Versos de Fogo encontraram hoje a Biografia do Fogo, isso só pode dar poesia... ou... Brasa viva!

Malu Machado disse...

É preciso afiar os ouvidos. E o olhar. Belo poema.

Whesley Fagliari disse...

Querido amigo,

Vou levar em meu coração o sentido de "o trem passa com fúria.
e pouco vale essa roupa grudada na pele, e essa alma presa no corpo."

Magnifico! A ponto de me silenciar!

Bravo!

Boa semana para ti!

Luz e Paz!

Com apreço e amizade,
Whesley Fagliari

Cris de Souza disse...

coisa fina esse poema.

beijo, meu caro!

Soninha Porto disse...

Poemas de aço, isso é um verso que martelou aqui dentro, perfeito, não é preciso dizer mais nada. Cara to impressionada com sua poesia, bem o que gosto de ler, maravilha!

Vilma Gonsales disse...
Este comentário foi removido pelo autor.